A importância dos exercícios para o aprendizado do aluno
Daniela Panteliades abr 15, 2016

A importância dos exercícios para o aprendizado do aluno

Por muito tempo, pesquisadores se perguntavam se fazer exercícios era somente uma forma dos alunos e dos professores perceberem quais conteúdos ainda não eram bem dominados ou se o simples fato de fazer exercícios já ajudava a melhorar a aprendizagem e a memória. Vários estudos chegaram aos mesmos resultados:

Fazer exercícios é uma excelente forma de aprender e de reter o conteúdo, sendo inclusive melhor do que estudar novamente o mesmo material.

Confira nosso post e saiba mais sobre a importância dos exercícios para o aprendizado do aluno.

Testing Effect – Efeito de Teste

Em 2006, pesquisadores mostraram que alunos que estudavam um conteúdo e, após uma semana, faziam exercícios conseguiam resultados muito melhores do que aqueles que estudavam uma vez e depois reviam o mesmo material, sem realizar exercícios. Isso ficou conhecido como o efeito de teste, em inglês testing effect”. Embora muitos professores e cientistas já suspeitassem desse resultado, apenas em 2006 esses resultados foram considerados suficientes para comprovar que os exercícios melhoram a aprendizagem e a retenção na memória. Em 2010, a revista Science publicou uma pesquisa de como os exercícios afetariam o cérebro, ajudando na retenção do conteúdo na memória. Veja o gráfico abaixo:

Picture1

O sono na consolidação da memória

O que é melhor? Passar uma lista grande de estudo para a prova ou pequenos blocos de exercícios ao longo do tempo?

Várias pesquisas mostram que quando os alunos fazem poucos exercícios distribuídos ao longo do tempo, eles conseguem se lembrar muito mais do conteúdo do que os alunos que fizeram todos os exercícios de uma vez só. Desse modo, o intervalo de uma semana entre pequenos blocos de exercícios tem se mostrado mais eficiente para estimular a memória de longa duração.

No experimento mostrado pela imagem abaixo, percebe-se que os alunos que fizeram 5 exercícios uma vez por semana, durante duas semanas, tiveram uma média de 64% nas provas realizadas após um mês. Já os alunos que fizeram 10 exercícios de uma só vez, acertaram um pouco mais enquanto os faziam (75% comparado com 70%), mas tiveram uma média de 32% nas provas, depois de um mês.

Picture2

Um dos motivos que explica porque fazer pequenos blocos de exercícios é que o sono é essencial para a consolidação da memória. Dessa forma, quando fazemos exercícios em pequenos blocos, temos várias noites de sono para consolidar os conteúdos aprendidos.

Veja, na prática, o que pode ser feito:

1) Mostre aos alunos que fazer exercícios em intervalos de tempo é mais eficiente do que reler várias vezes o conteúdo.

2) Ensine-os sobre a importância do sono na consolidação da memória e na retenção do conteúdo.

3) Passe pequenos blocos de exercícios intervalados. Sugerimos atividades com 5 a 7 questões distribuídas semanalmente!

Quer saber como fazer pequenos blocos de exercícios de forma rápida e prática e ainda corrigi-los automaticamente? Use o AppProva, facilite a sua vida e identifique as dificuldades dos seus alunos !

Agende sua demonstração clicando aqui!

Esse post foi escrito por Sabrina Oliveira da Horizontes.Horizontes_Logo_Tela-01
A Horizontes Coaching é uma empresa que trabalha orientando para um ensino e aprendizagem mais eficientes.
Saiba mais em http://www.horizontescoaching.com/

 

 

Cometários

Comentários

[87763]
[87763]
[87763]
[87763]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d