Glossário do ENEM: tudo que precisa saber sobre o exame
Luísa França out 10, 2016

Glossário do ENEM: tudo que precisa saber sobre o exame

Nos dias 5 e 6 de novembro será realizada uma das avaliações mais importantes do país, o Exame Nacional do Ensino Médio. A avaliação democratizou o acesso ao ensino e uniu os vestibulares das universidades públicas brasileiras em uma única prova.

Além de se preparem durante todo o ano, estudantes, professores e gestores escolares devem ficar atentos às regras, estrutura e dicas do exame para garantir algo esperado por ambos: a aprovação.

Para ajudar nesse processo criamos o “Glossário do ENEM”, com os termos essenciais que você precisa conhecer para orientar seus alunos!

Áreas do conhecimento

O ENEM possui uma estrutura que avalia as competências e habilidades de cada estudante através do conteúdo programático estudado durante o Ensino Médio. Diferentemente de muitas provas de vestibular, as disciplinas são distribuídas entre quatro áreas do conhecimento, com 45 questões cada, mais a prova de redação. As áreas do conhecimento são organizadas da seguinte maneira:

Área do Conhecimento Disciplinas contempladas
 

Matemática e suas Tecnologias

 

Matemática

 

Ciências Humanas e suas Tecnologias

 

Geografia, História, Filosofia e Sociologia

 

Ciências da Natureza e suas Tecnologias

 

Química, Física e Biologia

 

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

 

Língua Portuguesa, Literatura, Artes, Educação Física e Língua Estrangeira

As provas do ENEM acontecem em dois dias.

O primeiro traz questões de Ciências Humanas e Ciências da Natureza, e o segundo é dedicado à Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, além de Matemática e Redação.

Cartão de confirmação

Depois de completar a inscrição e efetuar o pagamento, o estudante deve ficar atento ao cartão de confirmação disponibilizado na Página do Participante. Esse documento traz o número dessa inscrição, data, horário e local de realização do exame, indicação de atendimentos especializados (caso seja necessário) e opção da língua estrangeira da prova.

Nos dias da realização do ENEM não é necessária a apresentação dessa confirmação, basta que o candidato tenha um documento oficial com foto, como RG, carteira de motorista, carteira de trabalho ou passaporte.

Competências

Desde sua criação, a proposta do ENEM é de avaliar as competências e habilidades dos alunos concluintes do ensino médio, através de situações-problema que utilizam os conteúdos aprendidos em cada disciplina.

Isso quer dizer que o exame não tem o objetivo de avaliar se os alunos “decoraram” o conteúdo ensinado, mas se são capazes resolver problemas.

(Apesar disso, especialistas dizem que o ENEM vem perdendo essa proposta – inclusive a atual presidente do Inep)

Com isso, de maneira resumida, podemos dizer que as competências no contexto educacional dizem respeito à capacidade do aluno de mobilizar recursos visando abordar e resolver uma situação complexa.

Simplificando bem, é o aluno saber saber ou saber conhecer.

Veja mais em: Competências e Habilidades: o que são e como aplicá-las

Conteúdo Programático

Os Objetos de Conhecimento descritos na Matriz de Referência são os Conteúdos Programáticos que serão associados às competências e habilidades exigidas durante o exame.

De maneira simplificada, são os conteúdos que cada professor ensina em sala de aula. Por exemplo:

» Linguagem, Códigos e suas Tecnologias: estudo do texto, estudo das práticas corporais, produção e recepção de textos artísticos, estudo do texto literário (…)

» Matemática e suas Tecnologias: conhecimentos numéricos, conhecimentos geométricos, conhecimentos de estatística e probabilidade (…)

» Ciências da Natureza e suas Tecnologias: o movimento, o equilíbrio e a descoberta de leis físicas, energia, trabalho e potência, transformações químicas, ecologia e ciências ambientais, origem e evolução da vida (…)

» Ciências Humanas e suas Tecnologias: formas de organização social, movimentos sociais, pensamento político e ação do Estado, diversidade cultural, conflitos e vida em sociedade, características e transformações das estruturas produtivas (…)

Veja mais em: Conteúdo Programático e Matriz de Referência do ENEM

Distrator

Cada Item do ENEM possui cinco alternativas de respostas, onde apenas uma é a correta — o chamado gabarito. As alternativas que não contemplam a resposta correta são chamadas de “distratores”. Eles têm de ser bem elaborados, seguindo um possível raciocínio lógico, para testar os participantes que não desenvolveram certas habilidades exigidas no exame.

Veja mais em: Item ENEM: o conceito de distrator

Fies

Criado em 1999, o Fundo de Financiamento Estudantil, mais conhecido como Fies, é um programa do Ministério da Educação (MEC), com o intuito de financiar a graduação de estudantes que não possuem condições de arcar com as mensalidades e demais despesas para a sua formação.

O estudante que deseja se inscrever no programa deve obter pontuação superior a 450 e não ter zerado a redação do ENEM. Além disso, precisa estar matriculado em uma universidade particular reconhecida pelo MEC e comprovar que a sua renda familiar não é excedente a 2,5 salários-mínimos.

Durante o curso, o estudante beneficiado deve pagar uma parcela de até R$150 a cada três meses. Após a conclusão do curso, esse estudante entra no chamado período de carência, que dura 18 meses, onde são pagas apenas as parcelas trimestrais. Só ao fim dessa fase de carência o financiamento precisa ser quitado.

Habilidades

A partir da explicação acima do significado de competências no contexto educacional, podemos definir as habilidades como a aplicação prática de uma determinada competência para resolver uma situação complexa.

Simplificando bem, é o aluno saber fazer.

As provas do ENEM exigem uma série de habilidades específicas esperadas dos seus candidatos em cada área do conhecimento, descritas nas Matrizes de Referência.

Veja as habilidades que são exigidas na Matriz de Referência de Matemática e suas Tecnologias, dentro da Competência de área 1 – Construir significados para os números naturais, inteiros, racionais e reais:

H1 – Reconhecer, no contexto social, diferentes significados e representações dos números e operações – naturais, inteiros, racionais ou reais.

H2 – Identificar padrões numéricos ou princípios de contagem.

H3 – Resolver situação-problema envolvendo conhecimentos numéricos.

H4 – Avaliar a razoabilidade de um resultado numérico na construção de argumentos sobre afirmações quantitativas.

H5 – Avaliar propostas de intervenção na realidade utilizando conhecimentos numéricos.

Todos os itens do exame são elaborados a partir de uma habilidade e, posteriormente, conteúdos relacionados.

Por isso o educador deve ficar atento ao que é exigido em cada uma das áreas, para trabalhar o conteúdo, juntamente com a habilidade, da melhor maneira em sala de aula.

Veja também: Como trabalhar as habilidades do ENEM em sala de aula.

Inep

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) é uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação (MEC), cuja missão é promover estudos, pesquisas e avaliações sobre o Sistema Educacional Brasileiro.

O objetivo disso é subsidiar a formulação e implementação de políticas públicas para a área educacional a partir de parâmetros de qualidade e equidade, bem como produzir informações claras e confiáveis aos gestores, pesquisadores, educadores e público em geral.

Para gerar seus dados e estudos educacionais, o Inep realiza levantamentos estatísticos e avaliativos em todos os níveis e modalidades de ensino. São eles:

» Censo Escolar

» Censo Superior

» Avaliação dos Cursos de Graduação

» Avaliação Institucional

» Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior

» Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 

» Exame Nacional Para Certificação de Competências (Encceja)

» Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb)

Veja mais em: Portal do Inep

Item ENEM

As “questões do ENEM” são chamadas de Itens ENEM e possuem características bem particulares. Por isso, é muito importante conhecer a fundo essas características para orientar os alunos durante a preparação.

O item tem que ser estruturado contemplando apenas uma habilidade. Além disso, ele deve evitar a indução ao erro e conter, através de contextualização, uma situação-problema.

Todos os itens devem conter três partes:

1. Texto-base: motiva ou compõe a situação-problema a ser formulada no item a partir da utilização de textos verbais e/ou não verbais.

2. Enunciado: não deve apresentar informações adicionais ou complementares ao texto-base.

3. Alternativas: possibilidades de respostas, divididas em gabarito e distratores.

Caso queira saber mais sobre como elaborar itens no padrão aceito pelo Inep, clique aqui para acessar o Guia de Elaboração de Itens.

Item ENEM: exemplo de item

Veja mais sobre em: As características que compõem um Item ENEM

[Professor e Gestor Escolar] Quer ter acesso a um banco com mais de 45.000 questões para utilizar em sua escola? Clique aqui para conversar com um de nossos especialistas em ENEM

Matriz de referência

A Matriz de Referência do ENEM é um documento que descreve as competências e habilidades que serão cobradas dos alunos durante o exame e lista o conteúdo programático do ENEM, ou seja, os objetos de conhecimento associados às Matrizes de Referência.

Além disso, ela lista 5 Eixos Cognitivos que são comuns a todas as áreas do conhecimento, ou seja, serão exigidos dos alunos em todos os momentos da prova. São eles:

» Dominar linguagens

» Compreender fenômenos

» Enfrentar situações-problema

» Construir argumentação

» Elaborar propostas

Temos 4 Matrizes de Referências no total. São elas:

Matriz de Referência Nº de Competências Nº de Habilidades
 

Matriz de Referência de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

 

9

 

30

 

Matriz de Referência de Matemática e suas Tecnologias

 

7

 

30

 

Matriz de Referência de Ciências da Natureza e suas Tecnologias

 

8

 

30

 

Matriz de Referência de Ciências Humanas e suas Tecnologias

 

6

 

30

Veja a lista completa aqui: Matriz de Referência do ENEM

Microdados do ENEM

Os Microdados do ENEM, embora não sejam muito conhecidos pela maioria de alunos e profissionais da educação, são fundamentais para a análise detalhada do desempenho das escolas.

O Inep divulga sua base de dados de maneira detalhada para atender as demandas de escolas sobre informações específicas, como as taxas de acerto em cada área do conhecimento, disciplina e, até mesmo, em cada item.

A equipe pedagógica do AppProva faz anualmente análise e estudos desses Microdados, afim de extrair informações crucias para gestores escolares e professores. Veja alguns exemplos:

» Guia com os principais erros e acertos no ENEM desde 2009

» Guia com os conteúdos e habilidades mais cobrados no ENEM até hoje

» Raio-X da escola no ENEM

Nota de corte

A nota de corte mostra como está a demanda por uma vaga e quais as chances de ser classificado de acordo com a sua pontuação. No ENEM, até o encerramento das inscrições no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) essa classificação é alterada a cada dia, e o estudante só sabe de fato se foi aprovado para a vaga preterida após o fim desse prazo.

Cursos como Medicina, Psicologia, Enfermagem e Direito costumam apresentar uma alta concorrência, por isso a nota de corte costuma ser maior. Mas, em muitos casos, mesmo com uma nota baixa no ENEM o estudante pode garantir uma vaga em cursos menos concorridos de diversas instituições.

Veja aqui as notas de corte do SiSU em 2015.1

Prouni

Chamado de Programa Universidade para Todos, o Prouni concede bolsas de estudos integrais e parciais (metade do valor das mensalidades) em cursos de graduação de instituições particulares de educação superior.

Diferente do Fies, o estudante não precisa devolver o valor das mensalidades após o fim da graduação. Para se candidatar é necessário:

» ser egresso da rede pública ou ter cursado uma escola particular como bolsista integral;

» ter renda mensal de até três salários-mínimos, no caso das bolsas parciais, e de até um salário e meio para concorrer às bolsas integrais;

» não ter diploma superior;

» ter realizado a prova do ENEM.

Questionário socioeconômico

É o conjunto de perguntas feitas ao candidato no momento da inscrição para o ENEM sobre a sua renda familiar, motivações, trajetória escolar, possíveis necessidades especiais, trabalho, escolaridade dos pais e características da sua família.

Essas informações são bastante valiosas para monitorar os aspectos que vão além do ambiente escola mas que afetam diretamente no desempenho dos estudantes.

Além disso, são utilizadas para definir os contextos em que as escolas serão enquadradas – divisão por níveis socioeconômicos para que as comparações e análises sejam justas.

 Simulados do ENEM

Apesar de não serem aspectos das provas, os simulados no formato ENEM são fundamentais para que os estudantes tenham um bom desempenho no exame. Através dos simulados realizados durante a preparação, os alunos tem a oportunidade de:

» Treinar e se adequar ao tempo de realização de cada item e da prova

» Conhecer o estilo das questões que são cobradas no exame

» Tenha previsibilidade do desempenho dos alunos e da escola

» Possibilidade de realizar intervenções pedagógicas antes do ENEM

Veja mais: Simulado ENEM: um guia para tirar suas dúvidas

Veja mais: Guia de como realizar simulados online pelo AppProva

Gostaria de Simulados Online e Físicos no formato ENEM e com alta qualidade para preparar seus alunos? Converse com um de nossos especialistas e veja como ter em sua escola!

SiSU

O SiSU, sigla do Sistema de Seleção Unificada, é um sistema informativo online no qual as instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para os participantes do ENEM, e onde é feito todo o processo de seleção para os cursos de graduação, de acordo com as notas de corte e número de vagas.

Nesse sistema informativo o estudante pode acompanhar o seu desempenho. Para se inscrever basta apenas informar o número de inscrição e senha cadastrados no exame. (site oficial: http://sisu.mec.gov.br/)

Tema da redação

Todo ano o ENEM traz uma nova temática para a sua redação, realizada no segundo dia de provas. Esse tópico costuma causar ansiedade nos estudantes, graças a sua complexidade. O que se sabe sobre esse tema é que deve estar relacionado a algo que causa impacto social e seja atual em nossa sociedade.

A redação exige um alto poder de argumentação e contextualização dos seus candidatos.

Os temas dos últimos 5 anos foram:

2015 – Violência contra a mulher

2014 – Publicidade Infantil

2013 – Lei Seca

2012 – O movimento imigratório para o Brasil no século XXI

2011 – Viver em rede no século 21

Veja também o Aulão sobre Redação que fizemos em setembro:

TRI

A nota do ENEM é calculada de acordo com a Teoria de Resposta ao Item (TRI), um modelo de avaliação que se baseia no poder de coerência individual, que diferencia um estudante do outro em relação à complexidade uma questão, o grau de dificuldade e o número de acertos.

Veja o guia completo sobre a TRI aqui: Teoria de Resposta ao Item (TRI)

Gostou das dicas?

Ficou em dúvida sobre algum dos termos do Glossário do ENEM?

Sentiu falta de algum termo relacionado ao exame?

Compartilhe com a gente nos comentários!

CTA Blog

Cometários

Comentários

[87763]
[87763]
[87763]
[87763]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d