Enade: engaje seus alunos e alcance a nota máxima
Luísa França jun 30, 2016

Enade como indicador de qualidade e excelência

O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) tem sido um desafio para as Instituições de Ensino Superior (IES) do Brasil, uma vez que a “Nota Enade” é um dos indicadores que atestam a qualidade e a excelência dos cursos e da IES.

O Enade integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), que é composto pelo tripé avaliativo:

– Avaliação de Cursos de Graduação

– Avaliação Institucional

– Enade

Segundo o INEP, “o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes avalia o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação, em relação aos conteúdos programáticos, habilidades e competências adquiridas em sua formação. A primeira aplicação do Enade ocorreu em 2004 e a periodicidade máxima da avaliação é trienal para cada área do conhecimento.”[1]

É a partir do Enade que são produzidos os seguintes relatórios:

1. Boletim de Desempenho do Estudante;

2. Relatório do Curso;

3. Relatório da Área;

4. Relatório da Instituição;

5. Resumo Técnico.

Mesmo sendo obrigatório e constituindo o histórico escolar do aluno, muitos estudantes não compreendem a relevância do Exame, sendo um dos maiores desafios o engajamento dos discentes na realização do Enade.

Preparação para o Enade

Para pensarmos em soluções de engajamento vamos analisar o contexto de realização do Enade.

Normalmente as IES direcionam a preparação dos alunos considerando os cursos que serão avaliados naquele ano. Os simulados se concentram em curtos períodos de tempo, acumulando-se com outras obrigações estudantis, tais como: provas institucionais, trabalho final de conclusão de curso, estágio obrigatório e horas complementares de graduação.

Além disso, o formato da prova – composta de 40 questões, sendo 10 questões da parte de formação geral e 30 da parte de formação específica da área – é considerado exaustivo pelos alunos.

O resultado da preparação intensiva é a exaustão, não só dos estudantes, mas também de professores, coordenadores e gestores. É como se todos os atores se preparassem para correr uma prova de 100 metros rasos, enquanto o desafio real é de uma maratona de 42.195 quilômetros.

Resultado Enade: Em busca da nota máxima

Compilamos algumas estratégias para auxiliar sua Instituição de Ensino Superior na preparação para a maratona Enade, tendo em vista o alcance do sucesso, qual seja, a nota máxima e o conceito 5.

1. Invista na cultura institucional: o Enade como um espelho profissional

Uma das ferramentas mais poderosas para superar a falta de motivação na realização do Enade é a criação do “orgulho institucional”.

Isto acontece quando o aluno se sente parte da instituição e se identifica com ela. Se há esse vínculo, existe o desejo de contribuir para a sua excelência.

A inclusão dos alunos e a adoção da cultura da IES podem ser incentivadas por:

– Comunicação e atendimento rápido e atencioso aos alunos;

– Criação de identidade visual para a instituição, bem como de organizações onde os alunos possam se envolver (Núcleos, Empresas Júnior, Associações Acadêmicas e Atléticas, dentre outros);

– Promoção de eventos que tragam valor à formação profissional dos estudantes;

– Investimento em infraestrutura física: ambientes limpos, bem cuidados, espaços de interação, laboratórios de informática, dentre outros.

Cada uma dessas iniciativas demonstra ao aluno que ele é importante e que a instituição se importa com ele. Quando há essa consciência é muito mais fácil demonstrar o valor da nota Enade como um espelho profissional, uma vez que quanto mais conceituada é a instituição, melhor é a formação que dela advém.

2. Provas Enade: a importância dos Simulados

Dilua a preparação para o Enade ao longo de todo o curso de graduação. Assim o aluno absorverá melhor os conteúdos, bem como se familiarizará com o estilo das questões e da prova.

Além disso, a Instituição poderá identificar os pontos fortes e fracos durante o curso de graduação, fazendo intervenções pedagógicas mais assertivas. Para tanto, a adoção de ferramentas tecnológicas de avaliação e diagnóstico contribuem de modo significativo para a otimização da preparação.

3. Invista na comunicação

O acesso à informação traz segurança e estreita a confiança entre a IES, os professores e os estudantes. Assim, quanto melhor a comunicação maior será a abertura para influenciar e orientar os alunos na realização do Enade.

As informações se destinam tanto ao formato da prova, quanto aos motivos e à inspiração necessária para o sucesso de sua realização.

a) Formato da prova e instruções para o dia do Exame:

– A prova terá início às 13h (horário oficial de Brasília). Apresentar-se no local definido pelo Inep, às 12h15 (horário oficial de Brasília) do dia 20 de novembro de 2016;

– Levar documento oficial de identificação (com fotografia), e caneta esferográfica de tinta preta, feita em material transparente;

– A lista de presença será disponibilizada apenas após 1 hora do inicio da prova;

– Composição do exame:

1) Formação Geral (FG). Composta de 10 questões, sendo 8 de múltipla escolha e 2 discursivas = 25%

2) Componentes Específicos (CE). Composta de 30 questões, sendo 27 de múltipla escolha e 3 discursivas = 75%

b) Conselhos e Motivações

Entender o porquê de se empenhar para fazer uma boa prova é fundamental para que os alunos contribuam na construção do conceito máximo no Enade.

Jorge Luiz Cascardo, Membro da Comissão de Educação do Conselho Federal de Odontologia, dá dicas aos estudantes que estão se preparando para o Enade Saúde, que será realizado em 2016:

“É de muita valia observar a importância do resultado do Enade para que você tenha em seu currículo uma nota de peso. Quando você faz esse exame, que é uma avaliação externa realizada pelo governo, está sendo avaliado o seu desempenho acadêmico em seu curso em questão, sendo assim, a nota obtida não é só de importância para a entidade em que você estudou, mas sim para atestar a sua capacidade e qualidade para o mercado de trabalho. Reflita que o resultado vai interferir diretamente em seu currículo, você é o reflexo de sua Instituição, cujo resultado é dependente do seu desempenho. Realize esse exame com muita seriedade para ter um bom suporte, o mercado exige.”

[1] http://portal.inep.gov.br/enade/perguntas-frequentes

Cometários

Comentários