Caso de sucesso: Colégio Nossa Senhora das Dores e AppProva
Luísa França nov 04, 2015

Caso de sucesso: Colégio Nossa Senhora das Dores e AppProva

No post de hoje mostraremos como a parceria entre o AppProva e o Colégio Nossa Senhora das Dores tem dado certo, gerando diversos benefícios para os educadores e para os alunos. Em 2015, mais de 400 alunos participaram ativamente das atividades realizadas através do aplicativo, respondendo mais de 110 mil questões. Além disso, os professores criaram mais de 180 atividades, utilizando o banco disponibilizado pela plataforma, mostrando como é grande o engajamento de alunos, professores e coordenadores da escola.

Para saber mais dessa parceria de sucesso, conversamos com o professor e coordenador pedagógico, Marco Aurélio, que falou sobre como a tecnologia tem se tornado uma aliada do processo pedagógico na escola. Confira no post a seguir como isso está acontecendo:

O Colégio

O Colégio Nossa Senhora das Dores é uma conceituada instituição de ensino da Congregação de São João Batista. Localizado em Belo Horizonte, o colégio, que completou 65 anos de existência, conta com os ensinos Infantil, Fundamental e Médio e cerca de 1400 alunos. Na prática educacional, o objetivo é implementar metodologias eficientes para uma educação de qualidade e referência. Para tal, o seu PPPP (Projeto Pastoral Político Pedagógico) foi reelaborado e o colégio intensificou suas ações para a melhoria da qualidade educacional, trazendo novas possibilidades e reforçando as boas práticas.

O começo da parceria

O primeiro contato entre o colégio e o AppProva aconteceu durante o segundo semestre de 2014, quando Marco Aurélio conheceu a ferramenta através de um colega que já a utilizava em sua instituição, localizada também em Belo Horizonte. Percebendo o grande potencial do AppProva, Marco levou a proposta para a diretoria, que logo viu como a plataforma seria interessante para a instituição, especialmente, por se trabalhar com questões de vestibulares e do ENEM e por gerar relatórios com o diagnóstico dos alunos e identificar suas competências. Assim, o AppProva foi implementado no Colégio Nossa Senhora das Dores já no terceiro trimestre de 2014.

Desafios e benefícios

Segundo o coordenador, o maior desafio de implementação consiste em mostrar aos professores a importância de adotar uma ferramenta, desconhecida até então, em seu dia a dia, que auxilia suas práticas pedagógicas. Atualmente, é preciso mostrar a eles que essas novas tecnologias se aliam ao seu trabalho e facilitam sua rotina exaustiva. Essa conscientização está sendo construída ao longo do ano de 2015 por toda equipe de educadores do Colégio Nossa Senhora das Dores em conjunto com o AppProva.

A princípio, para enfrentar esse primeiro obstáculo, a coordenação propôs a institucionalização da plataforma e estabeleceu o número de atividades que deveria ser criado pelos professores. Isso favoreceu muito a criação de uma nova cultura entre os educadores, que passaram a incorporar a ferramenta em suas práticas.

Após implementar a ferramenta, outro desafio foi encontrado. Como fazer com que os professores utilizem corretamente as informações e aproveitem ao máximo suas funcionalidades? Para contornar essa situação, um trabalho gradual vem sendo feito por ambas as partes, sendo crucial para que os educadores utilizem cada vez mais a plataforma e tenham um maior benefício. Para isso, um acompanhamento de perto da equipe do AppProva e da coordenação da escola vem sendo feito, estimulando cada vez mais a utilização da plataforma pelos professores de todas as disciplinas e, também, por todos os alunos. Um exemplo disso foi colocar em prática a Olimpíada de Ciências da Natureza, uma ideia que surgiu através desse acompanhamento. Segundo o coordenador Marco Aurelio, em breve, todos os professores estarão utilizando a ferramenta por completo, pois ela é fundamental para saber como está o desempenho dos alunos e o que tem que ser feito a partir dessas informações.

Os alunos também participam das atividades e têm uma excelente aceitação da plataforma. Para eles é mais fácil, pois fazem parte do que chamamos de Geração Z. A facilidade de lidar com tecnologias e ferramentas inovadoras é incrivelmente maior e despertam mais interesse para estudar. Eles rapidamente incorporaram o aplicativo em suas práticas e realizam tanto as atividades propostas por seus professores quanto por aquelas disponibilizadas pela equipe do AppProva. 

A participação de alunos e professores cresce ao longo do tempo, e alguns professores têm até mudado a forma de fazer as atividades. Normalmente, neste colégio, elas são feitas em casa, mas os professores estão utilizando o laboratório de informática cada vez mais nos horários das suas aulas.

A equipe do AppProva

Segundo o coordenador Marco Aurélio, o apoio é total e a equipe do AppProva está sempre presente na escola. Os alunos e os professores têm liberdade para sugerir melhorias e enviar feedbacks diretamente para a equipe do AppProva, que recebe essas informações abertamente e oferece um retorno para os solicitantes.

Para exemplificar essa boa relação, o Marco Aurelio destacou a ida ao colégio da equipe de TI do AppProva, que conversou com professores e alunos para entender as dificuldades e resolver problemas técnicos, inerentes a qualquer produto que lide com tecnologia, levando inclusive um manual de boas práticas para eles.

Além disso, foi possível avançar a parceria para a aplicação de simulados presenciais e até mesmo a realização da Olimpíada citada anteriormente, evento que agitou o ensino médio e ajudou a consolidar o engajamento dos alunos e dos professores no uso da plataforma. A Olimpíada foi vista como um grande sucesso pelo coordenador pedagógico, que enxergou uma interatividade grande dos alunos, surpreendendo os professores ao lotar o laboratório de informática. Segundo o coordenador, essas práticas dão cada vez mais credibilidade e acrescentam na parceria e na relação de aprendizagem com a ferramenta.

Principais ganhos com o AppProva

Apesar de apenas um ano de uso, os benefícios da utilização do AppProva são visíveis no colégio. Segundo o próprio coordenador pedagógico, a ferramenta tem feito a diferença no desempenho dos alunos. Como citado no início do artigo, foram mais de 100 mil exercícios realizados em 2015 e a cultura já está forte, principalmente, com os alunos do 3ª série, que estão chegando ao final do Ensino Médio e se aproximando da prova do ENEM.

Para esses alunos, é muito importante a quantidade (e qualidade!) de questões no padrão ENEM disponíveis na plataforma. Isso permite que eles tenham uma experiência diária e se adaptem ao modelo de questão,  através de um trabalho de revisão contínua feito pelos professores em sala de aula. Assim, a expectativa é de que os alunos não tenham grandes surpresas ao realizarem o exame.

Outro ponto destacado pelo coordenador foi a possibilidade de os professores analisarem o índice de erros em determinadas questões, permitindo que eles retomem um conteúdo que os alunos têm apresentado dificuldades. Isso mostra como a ferramenta representa um ganho para a prática docente e facilita a correção de exercícios.

Ainda mais vantagens

Aproveitando ainda mais as facilidades da ferramenta, Marco Aurélio afirmou que não será preciso realizar separadamente a avaliação institucional de segmento para o Ensino Médio. Através dos próprios relatórios gerados pela plataforma, é possível analisar como está o desempenho dos alunos na fase final do Ensino Médio e onde a escola precisa melhorar.
Para complementar todos esses benefícios trazidos pela parceria, foi apontado também pelo, coordenador, a economia em relação ao uso de papel. Como os professores podem criar suas atividades utilizando o banco de questões do AppProva e disponibilizá-las de forma virtual para os alunos, não existe a necessidade de fazer a impressão de listas de exercícios para serem distribuídas entre eles. O Marco Aurélio, assumindo também uma posição de professor de história no colégio, afirmou que não utiliza mais outras fontes que não seja o AppProva para elaboração de suas atividades. “Todos os exercícios que eu preciso, estão lá”.

Apenas o começo

Em apenas um ano de implementação, é possível ver os inúmeros benefícios que o Colégio Nossa Senhora das Dores teve com o AppProva e vice-versa: engajamento dos alunos e dos professores, otimização do tempo e dinamização dos processos.

Ao que tudo indica, essa parceria está só começando: “Eu espero que ela [a parceria] seja duradoura e que tanto o AppProva cresça como instituição empresarial, quanto o Colégio Nossa Senhora das Dores colha bons frutos e tenha bons resultados” – Marco Aurélio.

Gostou da história do AppProva com o Colégio Nossa Senhora das Dores e quer ser nosso parceiro também?

Converse com um de nossos especialistas e saiba como podemos ajudar a sua instituição!

Caso queira saber mais, veja o vídeo de 1 minuto abaixo:

Cometários

Comentários