Caso de Sucesso: 4 estudantes e sua relação positiva com o AppProva
Daniela Panteliades nov 23, 2015

Caso de Sucesso: 4 estudantes e sua relação positiva com o AppProva

No post de hoje mostraremos a relação de 4 alunos diferentes com o AppProva e a importância do aplicativo para os estudos e crescimento acadêmico de cada um deles. Os benefícios são incontáveis para eles, que enxergam a ferramenta como um suporte para os estudos, onde podem, de uma forma leve e divertida, treinar para as provas, acompanhar os seus desempenhos e focar nas suas fraquezas.

Como essa atual geração de alunos está sempre conectada e com seus smartphones em mãos, eles têm uma grande facilidade para rapidamente se adaptar com a ferramenta e, em pouco tempo, conseguem usufruir das inúmeras funcionalidades do aplicativo.

Então, confira a seguir 4 histórias de alunos em diferentes trajetórias, e como o aplicativo foi fundamental para o desenvolvimento deles.

Rafaella Machado

Rafaella estudou em escola pública na maior parte da sua vida, completando o Fundamental II e o Ensino Médio no Colégio Estadual de Brumado, no interior da Bahia. Apesar de pegar greves nos três anos do seu ensino médio e fazer ENEM em ano de Copa do Mundo, Rafaella conseguiu ser aprovada em Medicina em uma universidade pública, destacando a persistência como a grande virtude da sua jornada.

Rafaella conheceu o aplicativo no segundo semestre de 2014, através da divulgação do Simulado em parceria com a Veja.com A estudante decidiu testar o aplicativo e logo começou a usufruir dos benefícios fornecidos.

Principais benefícios

Ela destaca duas das principais funcionalidades do aplicativo que ajudam no crescimento de qualquer aluno que visa sucesso nos vestibulares: treinamento com questões no estilo do ENEM e demais vestibulares, e a identificação das suas maiores dificuldades.

O AppProva mostra aos alunos estatisticamente em que parte da disciplina eles erram mais, fazendo com que eles reconheçam as suas fraquezas e foquem os seus estudos para superá-las. Foi o que aconteceu com Rafaella. A aluna destaca que um dos seus assuntos preferidos é citologia, mas que, ao ver os seus resultados no aplicativo, percebeu que havia uma parte do assunto que ela tinha dificuldades e não dominava. A partir daí, ela pôde focar os estudos nesse ponto. Isso a fez se encantar com o aplicativo, que não mostra apenas a disciplina onde existe dificuldade, mas também as habilidades e conteúdos específicos  que podem comprometer o desempenho do aluno.

Outra vantagem apontada por Rafaella foram os simulados. Como o ENEM possui peculiaridades no estilo das questões e na forma pela qual é corrigido (TRI – Teoria de Resposta ao Item), o AppProva permite que o estudante vivencie esta situação de prova e consiga se preparar melhor para o exame.

Dedicação e resultados

Rafaella estudava durante o dia na escola e fazia cursinho preparatório a noite. Por isso, usava os finais de semanas para treinar, com exercícios e atividades, e era aí que usava bastante o aplicativo. Ela relatou que levava as questões que errava ou não conseguia fazer para tirar dúvidas com os professores.

A estudante destaca como o aplicativo traz uma nova dinâmica para os estudos fazendo com que os alunos se identifiquem e tenham maior prazer em estudar. Combinar tecnologia com os estudos deixa o ambiente mais motivador.

Rafaella se diz extremamente grata pelo AppProva, que foi fundamental para a sua conquista. A dica que Rafaella dá aos seus companheiros estudantes é se dedicar ao máximo e abrir mão de alguns “luxos” como seriados e televisão. Para ela, o pouco tempo de sacrifício será altamente recompensado.

Gabriel Robba

Atualmente é estudante de Direito na UFF e sonha em se graduar também em Medicina. Está estudando para ingressar o segundo curso. O dedicado estudante já ocupou o 3º lugar no ranking geral do AppProva.

Disciplina é a chave

Gabriel também conheceu o AppProva pela divulgação do Simulado em parceria com a Veja.com. Dedicou-se bastante e estipulou uma meta pessoal: 40 questões resolvidas por dia, no mínimo. Mantendo esse ritmo ele tem grande crescimento e o aplicativo o mantém sempre motivado. Por mostrar o número de questões já feitas e o percentual de acertos, ele desperta no aluno o desejo de melhorar sempre suas estatísticas, além de ajudá-lo a identificar as suas dificuldades.

Gabriel destaca também o aplicativo voltado para os estudantes de Direito que estão se preparando para o exame da OAB e concursos (AppProva Jurídico), auxiliando-o nos seus estudos para a sua faculdade também. Seja para o Direito, vestibulares ou ENEM, ele diz que disciplina é a chave para o sucesso.

Dicas

A dica que Gabriel deixa aos demais estudantes é para utilizarem a tecnologia a seu favor. Ela pode ajudar, e muito, os alunos que a utilizarem bem, além de facilitar os estudos para quem não tem condições financeiras para entrar em um cursinho, por exemplo. Se disciplina é a chave, ele incentiva os estudantes a batalharem por seus sonhos e afirma: “vale a pena!”.

Matheus Henrique

Aluno da Escola Cooperativa de Ensino de Bambuí, Matheus está estudando e prestará ENEM para ingressar em um curso de graduação em História. Como credencial para conseguir essa conquista está o fato de já ter ocupado o 1º lugar no ranking do App Prova.

Conexão e estudos

Matheus conheceu o AppProva através de um anúncio no Facebook. Passou a usar o aplicativo todos os dias para resolver questões desenvolvidas pelo AppProva e pelas escolas também, o que o ajudou a evoluir e se preparar para as provas. Ele ressalta especialmente como o aplicativo auxilia na fixação e na revisão de temas e conteúdos.

O estudante afirma que ver os seus colegas utilizando o aplicativo e ver os professores incentivando também o uso contribui para a motivação. A ferramenta incentiva os alunos a estudarem e a conhecerem novas atividades, tudo isso enquanto se mantêm conectados — o que para ele é o grande “vício” atual. Para o aluno, a plataforma tem esse grande benefício, unir a tecnologia, que por muito tempo foi considerada inimiga dos estudos, ao ensino.

Pedro Mineiro

No seu currículo, Pedro tem “apenas” o fato de ser o recordista de pontos em 2014 e aprovado em 1º lugar em Direito na UFMG.

Esforço recompensado

O estudante afirma que utilizava a plataforma quase todos os dias, mais de 15 horas por semana. O resultado de tamanho esforço ele colheu. Pedro conheceu o AppProva por meio da divulgação feita no colégio onde estudava, o Santo Antônio, em Belo Horizonte. A partir daí, começou a usar bastante o aplicativo, especialmente o modo Jogar.

O AppProva o ajudou bastante na preparação para o ENEM e ele destaca como passou a resolver questões de múltipla escolha com uma velocidade maior, um fator de que nem sempre os alunos se lembram, mas que é igualmente fundamental, afinal, a gestão do tempo de prova é um fator que prejudica muitos bons alunos. Uma das principais motivações para ele foi a possibilidade de ganhar prêmios com o uso do aplicativo: Pedro foi contemplado com um iPad por ser recordista de pontos dentre todos os usuários do Brasil!

Pedro é grato ao AppProva e destaca como essa forma lúdica de estudos possibilitou a sua conquista da aprovação para o curso de Direito, um prêmio muito maior que o iPad.

Mais histórias

Essas são apenas 4 histórias de várias existentes. Muitos alunos aprenderam a usar a tecnologia como ferramenta para sucesso não só nos vestibulares, mas também em toda a sua vida acadêmica. Os resultados vimos nesses 4 estudantes distintos, todos evoluindo nos estudos, motivados a continuar estudando, conhecendo suas fraquezas e sempre visando crescimento.

Seja você, estudante, professor, coordenador ou diretor de um colégio, fazer parte do time AppProva só traz benefícios e gera engajamento de todos os participantes.

Assista ao nosso vídeo, e em menos de 1 minuto, veja como o AppProva funciona na prática:

agende uma conversa para saber mais!

Cometários

Comentários

[87763]
[87763]
[87763]
[87763]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d