6 dicas para dar feedback construtivo para pais e professores
Daniela Panteliades abr 27, 2016

6 dicas para dar feedback construtivo para pais e professores

Em tradução literal, feedback significa realimentar, dar retorno ou resposta. Especificamente no âmbito acadêmico, o termo está relacionado a críticas construtivas, que têm como objetivo fornecer detalhes sobre a atuação não só dos docentes, mas também dos alunos. Por essas e outras, esse recurso se mostra como um forte aliado das instituições de ensino, afinal, tem utilidade tanto para os professores (que, munidos de informações exclusivas, podem aprimorar seu trabalho) como para os pais (que passam a ter amplo conhecimento sobre o comportamento e o progresso dos filhos).

Mas como exatamente dar feedbacks que ajudem a melhorar o cenário como um todo? Pois confira, ao longo deste post, dicas de como utilizar essa técnica de forma eficaz! Fique de olho e domine o feedback construtivo de uma vez por todas:

Escolha um ambiente tranquilo

O primeiro passo para uma boa conversa consiste na escolha do local onde ela acontecerá. Barulhos e ruídos, além de atrapalharem o diálogo, acabam gerando inquietação e apreensão. Por isso, escolher um ambiente adequado, que seja silencioso e acolhedor, deve ser sua tarefa inicial para garantir que o feedback alcance seu propósito.

Cuide da linguagem

Nada de rodear o assunto ou de insinuar situações. Independentemente dos interlocutores envolvidos na conversa, procure usar uma abordagem objetiva, já que uma comunicação simples ajuda a evitar mal-entendidos. Assim você transmite a mensagem da forma mais direta possível. É recomendado, ainda, iniciar o diálogo abordando alguns aspectos positivos, uma vez que muitas pessoas não lidam bem com feedbacks. Que tal mesclar qualidades com pontos que precisam ser melhorados? Essa estratégia, aliada a um discurso educado e gentil, torna o processo mais agradável e eficiente.

Procure ser bastante descritivo

É preciso entender que o intuito dessa ferramenta não é promover sermões, criar juízo de valor ou ditar regras. Com isso em mente, foque na situação específica e descreva minuciosamente o acontecimento ou o comportamento que motivou a reunião. Depois, sugira o que deve ser feito para resolver a questão, sempre abrindo espaço para ouvir o que os outros têm a dizer.

Invista na frequência

Para garantir a eficiência do feedback construtivo, elabore um planejamento estratégico de encontros, focando no contato constante tanto com os professores quanto com os pais. Lembre-se de que profissionais que estão dispostos a conversar abertamente com sua equipe tendem a ver resultados de forma mais rápida.

Estimule a confiança durante o processo

Muitas vezes, a simples escolha errada das palavras e até do tom de voz pode magoar ou até mesmo desestimular o ouvinte. Aí todo o discurso e inclusive a intenção vão por água abaixo. Você deve, portanto, buscar uma abordagem que incentive a melhora comportamental e que o auxilie na busca pelo aperfeiçoamento profissional.

Una qualidade e quantidade

Qual feedback é mais eficiente: o qualitativo ou o quantitativo? Na verdade, depende da situação. Como o intuito aqui é criar mecanismos que ao mesmo tempo ajudem os alunos a obter desempenhos satisfatórios e os colaboradores a se tornarem cada vez mais capacitados para a função, o indicado é realizar os dois tipos. O feedback quantitativo oferece informações fundamentadas em números e questões palpáveis. Já o qualitativo traz à tona aspectos observáveis, baseados na performance. E é a união de ambos que proporciona a elaboração de um feedback construtivo completo.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o feedback construtivo, que tal colocar em prática essas dicas para obter melhores resultados? E, aproveitando a deixa, aprenda também a lidar de forma positiva com os conflitos escolares!

Cometários

Comentários

[87763]
[87763]
[87763]
[87763]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d