Volta às aulas: como receber bem professores e alunos?

Luísa França jan 31, 2017

Volta às aulas: como receber bem professores e alunos?

O momento de volta às aulas é aquele que dá o tom do ano escolar, que define a relação entre pais, professores e alunos, além de ser a melhor oportunidade para proporcionar uma abertura de diálogo e cooperação na instituição de ensino. Por essas razões, essa é também uma ocasião que exige planejamento e dedicação.

Afinal, como receber professores e alunos? Quais as melhores estratégias nesse momento? Pensando nessa temática, preparamos algumas dicas imprescindíveis que você deve ter em mente ao planejar a volta às aulas em sua escola. Confira:

1. Pense em um evento para receber alunos

O começo do ano em sua instituição de ensino pode ser marcado por algum evento de recepção, especialmente para alunos e professores. Ainda que esse público seja recebido em momentos distintos, é importante estabelecer algum momento de boas-vindas, que renova a relação com a escola e que marca o início das atividades escolares.

Por essa razão, muitos gestores de instituição de ensino organizam eventos como aulas inaugurais, palestras de apresentação de professores e pessoal administrativo, reuniões iniciais, entre outros. O objetivo principal é abrir os canais de comunicação, transmitir os valores da instituição, integrar as pessoas e garantir um bom relacionamento ao longo do ano.

2. Estimule apresentações iniciais

Professores também fazem parte desse momento de início do ano escolar. Recepcioná-los bem envolve, entre outras coisas, reuniões de apresentação para integração dessa equipe que trabalhará junta nos meses que seguem. De preferência, as apresentações iniciais podem ser organizadas levando em consideração as divisões por séries de sua escola, já que essas equipes de profissionais terão o desafio de trabalhar em conjunto durante o ano.

Incentive apresentações individuais, especialmente se há membros novos na instituição de ensino, para que todos se conheçam. Além disso, é uma boa ideia contar com o compartilhamento de experiências pessoais, métodos de ensino, dicas de gestão de tempo, desafios e histórias de sucesso relacionadas ao ensino nos anos passados. Dividir com os colegas esse conhecimento adquirido promove o desenvolvimento conjunto de professores e, consequentemente, dos alunos.


Leia também nosso e-book sobre Gestão escolar para aproximar aluno, professor e diretor!


3. Tenha um calendário pronto e bem definido

É imprescindível já começar o ano com uma organização bem definida do ano escolar. De preferência, atividades, feriados, eventos especiais e qualquer outra atividade importante deve ser pré-agendada em um calendário escolar. Pais, professores, alunos e a própria administração da instituição de ensino se beneficiam dessa estratégia, porque podem planejar suas atividades a partir desse programa de atividades.

Por exemplo, pais que desejam planejar viagens com os filhos já podem verificar as melhores datas para isso. Professores têm a possibilidade de agendar a entrega de trabalhos, a realização de atividades extracurriculares, dividir o programa de suas disciplinas de acordo com o número de aulas disponíveis, entre outros aspectos.

4. Divulgue contatos importantes

Essa é uma sugestão especialmente relevante para melhorar o relacionamento entre pais e a instituição de ensino. Quando são estabelecidos canais apropriados de comunicação e transparência nessa relação, todos se beneficiam. Os pais sabem com quem entrar em contato no caso de dúvidas burocráticas, financeiras, pedagógicas, entre outras.

Também pode ser divulgado o e-mail institucional dos professores de cada disciplina, de forma a melhorar a comunicação sobre o desempenho de alunos, por exemplo. Muitas instituições de ensino também disponibilizam o contato de orientadores vocacionais, psicólogos e outros profissionais que contribuem para a formação de seus alunos.

5. Planeje tempo de início e de término de um evento de recepção

Independentemente da natureza de seu evento de recepção, seja para alunos, pais ou professores, é imprescindível contar com horários bem definidos de início e de término. Assim como qualquer reunião, ter uma pauta preestabelecida e um planejamento de atividades torna esses eventos mais produtivos e propositivos.

Caso contrário, seus participantes podem se sentir frustrados pelo atraso na conclusão, ou até mesmo pela indefinição em relação a seu tempo de duração. Lembre-se que, por mais importante que seja a educação dos seus filhos, os pais possuem compromissos e responsabilidades diversas. Fica difícil engajar um público sem essas definições prévias. Por isso, planeje bem os horários de seus eventos!

6. Busque tutorias e depoimentos de veteranos

Essa é uma solução muito interessante para a recepção de alunos. Como suas experiências são diversas, especialmente quando consideramos divisões etárias e por série, vale a pena contar com depoimentos de alunos veteranos. Esse compartilhamento de experiências individuais pode contribuir para que os alunos se preparem melhor para os desafios que estão por vir, conheçam mais técnicas de estudo, além de gerar uma relação de maior empatia e integração com o grupo.

Relações de tutoria também são essenciais, sobretudo para que os alunos saibam quem devem procurar em caso de dificuldade. Organize as funções e divisões de responsabilidade de tutores em sua escola de acordo com o número de alunos e de pessoas disponíveis para realizar essa função, que podem ser professores em treinamento, ex-alunos e até mesmo veteranos.

7. Esclareça regras escolares e abra espaço para dúvidas

Tanto para pais, quanto para professores e alunos, é imprescindível que todos aqueles envolvidos na relação de ensino estejam cientes das regras escolares. Normas de conduta, formas de avaliação de desempenho, penalidades, práticas inaceitáveis, critérios de aprovação, entre outros, devem ser divulgados e discutidos já nesse momento inicial do ano escolar.

Afinal, você quer que essas relações transcorram da melhor maneira possível. Para isso, nada melhor do que garantir a máxima transparência das regras escolares. De preferência, prepare um manual com o registro escrito delas. Aproveite também esses eventos de recepção para esclarecer dúvidas!

8. Planeje aulas inaugurais para começar o ano

Uma boa forma de receber alunos para o início do ano escolar é por meio de aulas inaugurais. Em vez de cada turma começar suas próprias disciplinas e horários regulares, por que não contar com uma palestra especial, que se destaque da programação normal do ano? Por exemplo, algum ex-aluno que tenha se destacado no mercado de trabalho e possa compartilhar sua experiência de sucesso com os alunos!

9. Programe atividades diagnósticas

Finalmente, o início do ano letivo é um ótimo momento para programar atividades diagnósticas. Essas atividades são importantes para identificar quais conteúdos fundantes foram aprendidos e quais dificuldades devem ser trabalhadas com prioridade. A partir dos resultados de avaliações diagnósticas, é possível programar intervenções pedagógicas mais assertivas e acompanhar melhor o desenvolvimento do aluno ao longo do ano letivo.


Veja também: Como o Colégio Sagrado Coração de Jesus inovou em sua avaliação diagnóstica


Quer mais dicas? Confira o nosso Manual do Diretor: as melhores práticas do diretor escolar!


E você? Tem outras dicas sobre como receber alunos e como receber professores na volta às aulas? Compartilhe com a gente! Deixe seu comentário aqui no post. Participe!

Cometários

Comentários

[87763]
[87763]
[87763]
[87763]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d