Atividades Educativas Extraclasse: Como promovê-las na sua escola?

Daniela Panteliades abr 18, 2016

Atividades Educativas Extraclasse: Como promovê-las na sua escola?

Não é novidade que as atividades educativas extraclasse influenciam diretamente o aprendizado dos alunos, certo? Sendo forte aliadas dos professores, as ações que exploram ambientes externos despertam a criatividade, além de estimularem a busca pelo conhecimento. Entretanto, a forma de implementação de atividades educativas e pedagógicas como essas acaba se transformando em uma dificuldade no dia a dia dos profissionais da educação. Afinal, qual é a melhor opção para iniciar essa metodologia? A promoção de atividades extracurriculares deve se restringir a alguma ação específica? Existe alguma recomendação certeira?

De fato, são vários os questionamentos que permeiam o tema, mas não há motivo algum para receio. Basta se atentar às nossas dicas para entender de uma vez por todas a importância de desenvolver atividades educativas extraclasse. Pronto para colocar tudo isso em prática em sua instituição de ensino? Então acompanhe:

O que são atividades educativas

O conceito de atividades educativas se baseia na criação de situações de aprendizagem pelo professor com o intuito de elevar a possibilidade de que os alunos tenham contato com experiências que os permitam atingir seus objetivos educacionais. Essas atividades educacionais podem consistir em experiências durante as aulas ou extraclasse.

Ampliando as experiências

Você sabe qual é o método mais eficiente para o aprendizado? Pois a verdade é que não existe uma resposta específica para esse questionamento. Por outro lado, certo é que a implementação de atividades educativas extraclasse auxiliam (e muito) na consolidação do conhecimento. Vivenciando momentos únicos, os alunos têm a possibilidade de efetivamente experimentar conceitos e situações apresentados em sala de aula, associando assim prática e teoria.

Motivando os alunos

Enquanto profissional da educação, você não quer ouvir que os professores da sua instituição oferecem abordagens desinteressantes e desmotivadoras nas aulas, não é mesmo? Para evitar que as disciplinas sejam rotuladas negativamente nesse sentido, invista no potencial dos exercícios extracurriculares, que não só despertam a motivação dos discentes como também facilitam a compreensão do conteúdo trabalhado em sala.

Entre na contramão das escolas regulares que apostam sobretudo em um método tradicional de ensino e inove nas atividades. Afinal, um pouquinho de criatividade e liberdade para gerenciar as matérias não faz mal a ninguém. Muito pelo contrário, garante aos alunos aulas mais divertidas e descontraídas, que possivelmente resultarão em melhores resultados e desempenhos durante todo o ano letivo.

Equilibrando o conteúdo

É indiscutível a importância das atividades educativas extracurriculares como ferramentas auxiliadoras no processo de aprendizado. Entretanto, lembre-se de que é preciso balancear essas atividades com o conteúdo ensinado internamente, visto que eles são itens complementares na grade curricular.

Exemplos de atividades educativas

Nesse ponto, você já deve ter compreendido o real valor de tal recurso para o andamento das aulas. Então agora vamos apresentar algumas dicas e exemplos de atividades educativas que podem ser introduzidas facilmente em sua instituição. Veja só:

Visitas educativas

Crianças e adolescentes são fascinados por atividades que os transportam para uma outra atmosfera. Por isso, vale organizar visitas a museus, zoológicos e planetários. O importante é que a atividade esteja correlacionada com algum assunto tratado em sala de aula. Para efetivar a proposta, elabore juntamente com a equipe pedagógica um planejamento adequado e detalhado sobre o caráter didático da atividade. Posteriormente, apresente toda a programação aos diretamente envolvidos, incluindo o local escolhido e a possível data da visita.

Artes em geral

Que tal promover um dia só de artes? Pense em um conteúdo propício para ser trabalhado de forma interdisciplinar e sugira aos professores. A apresentação de um musical formado por coral, peça de teatro e show de talentos são algumas das inúmeras alternativas disponíveis para exercitar o lado criativo e as habilidades artísticas dos estudantes. O melhor é que, como essas atividades geralmente são realizadas no auditório da escola, será muito mais fácil conseguir a autorização da diretoria para realizar o projeto.

Jogos Educativos

Na maioria das vezes, jogos e brinquedos são utilizados com um único fim, a diversão. Entretanto, trazer essas ferramentas para a sala de aula pode proporcionar ao educador um maior engajamento dos seus alunos e ao mesmo tempo, promover o ensino de uma forma mais lúdica. Dessa forma, é possível unir a brincadeira com o material pedagógico.

Olimpíadas do conhecimento, gincanas, quizes e competições entre os alunos são boas formas de trazer jogos educativos para a sala de aula.

Provões ou simulados

O nome pode até assustar, mas essa atividade é tão relevante quanto as demais. Afinal, o intuito é criar estratégias que aprimorem o ensino. Clássicos nos colégios que buscam notas elevadas nos processos seletivos, os simulados são aplicados em horários extraclasse e consistem em um mecanismo fundamental no processo de aprendizado.

Atividades Educativas online

Apesar de muitas pessoas ainda não estarem cientes de todos os benefícios, trazer a tecnologia para o ensino pode facilitar a aplicação de deveres de casa, provas e simulados além de aumentar o engajamento dos alunos. Oferecer a possibilidade de realizar essas tarefas por meio de atividades online, seja por meio de computador, tablet ou smarthphone, facilita a realização por parte do aluno, gera uma competitividade saudável entre eles e economiza o tempo do professor, tanto da elaboração quanto na correção.

Viu como, de fato, a missão não é somente dos professores e estudantes? A coordenação também precisa investir em alternativas que diferenciem a escola, apresentando propostas compatíveis com a realidade dos jovens, que se mostram cada vez mais antenados com as novidades e os rompimentos de conceitos ultrapassados.

Nesse contexto, a implementação de atividades extracurriculares é de fundamental importância para a estrutura curricular e o desempenho dos estudantes.

Quer saber como motivar seus alunos usando a cultura Pop? Clique na imagem abaixo e descubra!

APP028.22 - Motive com pop-02

 

Cometários

Comentários

[87763]
[87763]
[87763]
[87763]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d